A diferença entre Hermenêutica e Exegese – Exegese e Eisegese

Heey, você gostaria de ser um pregador diferenciado que domina a arte de interpretação e conhece todos tipos de sermões?
Especialista revela todo segredo da interpretação bíblica e como pregar de forma diferenciada e eficaz.
Perca o medo de falar em público já! clique aqui para saber mais....

Depois de muito tempo eu resolvi escrever sobre a diferença entre Hermenêutica e Exegese e também a diferença entre Exegese e Eisegese. Sem dúvida esse é um assunto muito interessante e controverso.

INTRODUÇÃO – DIFERENÇA ENTRE HERMENÊUTICA E EXEGESE | EXEGESE E EISEGESE

Nesse estudo veremos as diferenças entre Hermenêutica e Exegese e também já vamos pegar o gancho para ver as diferenças entre exegese e eisegese. Existem muitas confusões no meio teológico sobre o assunto. Até o fim deste artigo você estará pronto para saber e entender o que é cada um.

O QUE É HERMENÊUTICA – O QUE SIGNIFICA HERMENÊUTICA

Antes de estudaremos quais as diferença entre Hermenêutica e Exegese, vamos estudar ambos individualmente. Primeiro vamos as definições sobre o que é a hermenêutica.

A palavra hermenêutica tem sua origem no nome “Hermes”, o deus grego que servia de mensageiro entre os deuses e os homens. Hermes pegava as mensagens dos deuses e transmitia (interpretava) aos homens e vice versa.

A hermenêutica é chamado de “a arte de interpretar“, arte porque você pode fazer disso uma “arte” mesmo, interpretar de forma diferenciada e artística. E a hermenêutica também é uma ciência, pois ela tem normas e regras e o principal, ela pode ser classificada dentro de um sistema ordenado.

DE FORMA PRÁTICA – O QUE É HERMENÊUTICA

A hermenêutica é uma “ferramenta” e dentro desta ferramenta existem vários itens que podemos usar, a exegese por exemplo é uma ferramenta de uma boa hermenêutica.

Podemos dizer que hermenêutica é uma interpretação mais simples, mais superficial que fazemos, já a exegese e algo mais complexo. A hermenêutica fazemos todos os dias, é algo alcançável.

Podemos definir a hermenêutica como AQUILO QUE EXTRAÍMOS DO TEXTO e como conseguimos APLICAR nos dias atuais.
A hermenêutica visa pegar um texto e interpreta-lo para nos trazer uma aplicação nos dias atuais.

Vamos fazer um artigo em breve aqui no blog com TODAS AS INFORMAÇÕES sobre o que é a hermenêutica – com todas as regras e itens (ferramentas da hermenêutica). A intenção deste post é te apresentar as principais diferenças entre Hermenêutica e Exegese.

O QUE É EXEGESE BÍBLICA – O QUE SIGNIFICA EXEGESE

Vamos ver agora o que é a exegese bíblica. A exegese bíblica é algo mais PROFUNDO, ela é uma ferramenta da hermenêutica.
Aqui é onde literalmente fazemos uma extração das verdades bíblicas no seu sentido original.

A palavra exegese passa literalmente um sentido de “extração” – extraindo de dentro para fora.
Para fazer uma excelente exegese, precisamos analisar vários pontos, como: contexto histórico, linguístico, cultural e literariedade.

A exegese é a aplicação dos PRINCÍPIOS DA HERMENÊUTICA para chegar a um entendimento correto dos textos bíblicos.
Dentro de uma boa exegese, precisamos seguir alguns passos, são eles:

Estudo do cânon > Critica textual  > Critica Histórica > Hermenêutica (exegese) > Teologia bíblica | Teologia Sistemática.

O QUE É EISEGESE – O QUE SIGNIFICA EISEGESE?

Outro item muito importante que sempre causa confusão é “o que é eisegese“. Nunca podemos confundir exegese com eisegese.
O que significa Eisegese? Eisegese é o OPOSTO e antônimo de exegese, quando o pregador ou estudante da bíblia não se preocupa com a veracidade das informações bíblicas, originais e com a intenção verdadeira do autor ele obriga o texto dizer algo que não é, isto é: Eisegese.

Gostaria de ser um pregador diferenciado e pregar de forma impactante decorando os versículos e sem timidez? Clique aqui para aprender

Eisegese é quando a pessoa tira o texto do contexto para se beneficiar, usa-se essa técnica de “interpretação” para seu próprio prazer.
A eisegese é uma opinião própria e não liga para veracidade do texto.
A eisegese busca colocar o texto em uma interpretação com base em experiências, emoções e achismo, menos na bíblia.

DIFERENÇA ENTRE HERMENÊUTICA E EXEGESE

Bom, vamos agora a parte que mais nos interessa que é entender quais as  diferenças entre hermenêutica e exegese. Lembrando que teremos estudos apenas sobre hermenêutica e também sobre exegese aqui no blog.

Bom, vamos às diferenças agora entre hermenêutica e exegese, observe:

Hermenêutica é uma FERRAMENTA de interpretação bíblica, a hermenêutica TODOS NÓS FAZEMOS todos os dias com os textos bíblicos, a hermenêutica e uma INTERPRETAÇÃO MAIS SIMPLES que fazemos de um texto – para EXTRAIR uma APLICAÇÃO PESSOAL para nós nos dias de hoje.

Já por outro lado, a exegese é algo mais alto nível, muitas pessoas que dizem fazer uma exegese – na verdade fazem apenas uma hermenêutica, pois a exegese necessita analisar o cânon bíblico, contexto histórico, cultural e linguístico.

Por exemplo: O Senhor é meu pastor e nada me faltara. Se fossemos analisar esse texto de forma “hermenêutica”, a gente conseguiria fazer uma analise e uma aplicação do versículo – se a gente for fazer uma EXEGESE deste texto, precisaríamos analisar o hebraico, data que foi escrito, quem Escreveu, o propósito da escrita e idioma. Então existem vários itens que precisa ser levado em consideração para fazer uma boa exegese.

No ponto de vista da Hermenêutica -uma interpretação  mais rasa e com uma boa aplicação para os dias de hoje seria o suficiente, ficou claro a diferença?

A exegese é um ITEM da ciência hermenêutica.
Para ficar bem claro as diferenças, vamos pensar assim: Hermenêutica a gente deve pensar em COMO APLICAR O TEXTO bíblico para nós nos dias de hoje com base em dados histórico, cultural também (visa mais aplicação) – já a exegese e uma analisar mias profunda analisando tudo que cerca o texto, não é necessariamente importante fazer uma aplicação aqui neste item. Espero que este tópico tenha ficado bem claro na sua mente – a diferença entre hermenêutica e exegese.

DIFERENÇA ENTRE EXEGESE E EISEGESE

Bom, agora vamos ver a diferença entre exegese e eisegese. Aqui as diferenças são gritantes.

Exegese, como já falamos é a arte de interpretar a bíblia sagrada, por outro lado temos a eisegese que é uma DISTORÇÃO da verdade, eisegese é quando o pregador \ ou leitor usa os versículos para o próprio prazer, usa os versículos para justificar alguma atitude, com base em achismo.
Seja uma pessoa que use de EXEGESE e não EISEGESE.

UM RECADO MUITO IMPORTANTE PARA VOCÊ

Você gostaria de ser um pregador totalmente diferenciado que domina o hebraico bíblico e a cultura judaica? E sabe fazer uma interpretação que ninguém mais sabe?

Se você gostaria de aprender INTERPRETAR a bíblia sagrada de forma MÁGICA como ninguém mais faz, clique no link abaixo – Preparamos um curso de hebraico bíblico e cultura judaica maravilhoso para você.

EU QUERO APRENDER HEBRAICO BÍBLICO E CULTURA JUDAICA E ME TORNAR UM EXCELENTE EXEGETA

Post – A diferença entre Hermenêutica e Exegese – Exegese e Eisegese
Tags – a diferença entre hermenêutica e exegese, exegese, hermenêutica, esboços, pregação, exegese e eisegese
Post Relacionado – Como montar uma pregação de Alto Impacto [Tudo Revelado]
Post Relacionado – 7 Erros que Pregadores Cometem e Devem Evitar [ALERTA]

Avalie Esse Estudo

Avalie Esse Estudo

Muito obrigado Pela Avaliação / 5. Contagem de Votos

Hey, você gostaria de ser um pregador totalmente diferenciado que domina a bíblia com sabedoria e prende atenção do publico??

Separamos um material que vai te ajudar e ensinar a pregar a palavra de Deus com ousadia e confiança. Basta clicar no botão abaixo.

CLIQUE AQUI PARA SER UM PREGADOR DIFERENCIADO

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

moisesfp
moisesfp

Moisés Figueiredo, criador do portal Estudo de Deus e do Curso Tsade - Hebraico do Jeito Certo. Formado em Ciência da Computação e Tecnologia em Marketing, pós graduado em Gestão de Projetos e amante da bíblia sagrada e do hebraico bíblico.

1 Comentário

  1. Boa Noite Irmão Moisés!O zelo e a preocupação em como a Palavra deve ser pregada e aplicada durante um sermão tem falar sempre mais Profundamente no interior de cada Ministrador!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *