➡ O que representa a menorah e o que é o candelabro - Estudo Completo

➡ O que representa a menorah e o que é o candelabro – Estudo Completo

Você também pode ver esse estudo em forma de vídeo.
Maiores informações estão em textos aqui no blog.
A leitura do artigo + ver o vídeo vai ampliar ainda mais o seu nível de entendimento.
Shalom, tudo bem? – Nesse post vamos ver o que representa a menorá e várias outras curiosidades sobre o tema.

Nesse post vamos estudar um pouco sobre a MENORAH – entender as principais característica desse utensílio.
O que representava a menorá e o que representa a menorah – pergunta mais frequente que recebemos aqui no blog – então esse post vamos falar sobre isso, fechou? Peço que dobre sua atenção a partir de agora 😉

INTRODUÇÃO

Dentro do lugar SANTO existia alguns utensílios, hoje estudaremos um dos principais objetos que ficava lá – que é a menorá, vamos estudar o que representa a menorá e qual significado da menorá e as mensagens por trás – toda revelação judaica agora disponível para você nesse estudo.

O QUE É A MENORAH – O CANDELABRO

Aqui vale uma observação muito importante para começarmos, a “menorá” pode ser qualquer coisa que faça MENÇÃO – uma lembrança, uma caneta pode ser uma menorá por exemplo.

Nesse caso – estamos estudando a MENORAH que é o CANDELABRO, o que iremos estudar hoje é o CANDELABRO – que é um objeto que é uma menorá, por exemplo: Na festa de Hanukah existe uma MENORÁ de 9 braços (é um candelabro de 9 braços), o que iremos estudar hoje é a MENORÁ que é o CANDELABRO – que é a de SETE BRAÇOS (Ou pontas).

Ficou claro isso?

O QUE SÃO ESSES SÍMBOLOS NA CULTURA JUDAICA

Na cultura judaica existem vários símbolos, eles são como “memoriais”, conhecidos como “ZICARÔN (Lembranças, memoriais).
Mas a pergunta que todos fazem é: Porque tanto símbolos? Precisa realmente usar todos?

Os símbolos são apenas “representações” para o povo de Israel, com base nos acontecimentos na vida deles, os símbolos iam surgindo.
Os símbolos não são nada comparado aos seus significados, O foco maior é nos SIGNIFICADOS, do que no símbolo em si.

COMO ERA A MENORAH – O QUE ERA O CANDELABRO [CARACTERÍSTICA FÍSICAS]

Bom, antes da gente iniciar nossos estudos sobre a menorá ou candelabro, observe na foto ao lado.

Essa foto é uma réplica menorah, a menoráh hoje é um dos símbolos mais importantes da cultura judaica, em Israel vários lugares tem a menoráh, inclusive no parlamento Israelita…

Vamos analisar algumas características físicas da menoráh:

Para você entender todas as características da menorá, você precisa fazer uma leitura do texto Ex. 25:31-40.
Ela era de ouro puro, ela tinha sete braços.

Ela tinha em média 43 quilos e tinha sete hastes ou sete pontas.
Em cada ponta tinha uma lâmpada – o qual queimava o óleo de oliva e iluminava o interior do tabernáculo e posteriormente, o templo de Salomão em Jerusalém.

A menorá não podia ter “juntas” – emendas ou rejuntes. Tinha que ser uma peça única e perfeita.

QUAL ERA A FUNÇÃO DO CANDELABRO (MENORÁ)

A função da menoráh era bem simples até, ela ficava numa posição estratégica do tabernáculo e do templo, ela tinha a função de iluminar todo o local.

Ela servia como uma “luz”, uma das funções mais importantes que veremos nos próximos tópicos é, ela servia como uma educadora para os sacerdotes, como ela precisava se manter sempre acesa, então era uma grande “educadora” para os sacerdotes – uma disciplinadora. Vai ficar mais claro isso nos próximos tópicos.

O QUE REPRESENTA A MENORAH (O QUE REPRESENTA O CANDELABRO)

Vamos analisar o que representa a menorah – ou representava – existem várias interpretações sobre o que realmente representa a menorah, vou expor algumas aqui para vcoê.

1 – A menorá representa a luz de Deus sobre a terra;
2 – A menorá representa Jesus como a Luz do mundo;
3 – A menorá representa as boas obras dos jutos que praticam a justiça;
4 – Alguns sábios judeus da idade média afirmaram que a Menorá representa a Árvore da Vida, e que suas sete hastes representam as sete palavras que compõe o primeiro versículo de Gênesis

Aqui estão algumas interpretações sobre qual era o significado da menorá – ela tinha todos esses significados e representações…

Vamos analisar algumas características da menorá – ou menoráh.
A menorah é um dos objetos mais importantes para o judaísmo, ela está em vários lugares “Em Israel”.

Ela tinha a função de lembrar a presença de Deus no interior do tabernáculo.
Uma observação legal é – as “hastes” ficavam miradas para a haste central, a função não era só iluminar o tabernáculo, mas também o centro dela mesmo.

Segundo alguns rabinos, assim como a “menorah” ilumina todo o tabernáculo,  assim deve ser Israel e iluminar todas as nações da terra. Promessa dada para Abraão -“Bendito será todas as nações da terra”.

UM POUCO MAIS SOBRE O QUE REPRESENTA A MENORAH

No tópico anterior vimos algumas “representações da menorá“, mas segundo alguns comentários rabínicos, a menorah representa os sete Espírito de Deus no Messias – (Is 12.2), são eles:

1 – O Espírito do Senhor;
2 – Espírito de Sabedoria;
3 – Espírito de entendimento;
4 – Espírito de conselho;
5 – Espírito de fortaleza;
6 – Espírito de conhecimento;
7 – Espírito de temor do Senhor.

Outros judeus afirmam que os sete braços da menorah representam os 7 dias da semana.

Alguns sábios judeus da idade média afirmaram que a Menorá representa a Árvore da Vida, e que suas sete hastes representam as sete palavras que compõe o primeiro versículo de Gênesis.

Outra interpretação bem interessante é – Vemos um outro relato da Menorá em Zacarias 4:1-10, onde o profeta tem uma visão de um candelabro de sete pontas, sendo abastecido por duas oliveiras, que estão ao lado de uma grande bacia de azeite.

O profeta identifica as sete pontas como sendo

os olhos do Senhor que percorrem toda a terra” (verso 10). Temos uma passagem semelhante a essa em Apocalipse 5:6 : “Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos, de pé, um Cordeiro como tendo sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus  enviados por toda a terra.” 

Neste texto vemos os sete olhos como sendo os sete espíritos de D-us, os quais percorrem toda a terra. O profeta Isaías vai mais longe, e profetiza que os sete espíritos de Deus  representam o próprio Jesus (como já lemos ali em cima), o qual manifestaria em carne, as sete características do servo do Senhor:

Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo. Repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.” (Is 11:1-2).

Então essas foram algumas interpretações sobre o que realmente significa \ ou representa a menorá.

AS LÂMPADAS ACESAS DO CANDELABRO

Na Torah tem um comentário falando o que significa “as lâmpadas acesas”, segundo o comentarista é “Verdade e Justiça”. Jesus faz uma menção sobre isso em Mt 5.

“Vós sois a luz do mundo (a menorah); não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” – Mateus 5:14-16.

Segundo Paulo, o reino de Deus e a manifestação da Justiça de Deus – Romanos 14.17.

MENSAGEM DA MENORÁ – PARTE 1

Veremos algumas mensagens da menorá….

Em Êxodo 34:29 – O rosto de Moisés resplandecia quando ele descia do monte – O mais interessante que ele mesmo NÃO percebeu, assim deve ser nossa vida. Jesus disse que a nossa boa obra deve resplandecer para glorificar ao Pai. – Mt 5:16.

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

Essas é uma das mensagens mais lindas da bíblia.

MENSAGEM DA MENORÁ – PARTE 2

Outra mensagem muito linda sobre a menorah e uma boa explicação para nossa vida é essa que veremos agora.

A mensagem por trás da menoráh trata-se exatamente de EDUCAÇÃO, pois o sacerdote tinha que acender todos os dias, a lâmpada se se comprometendo em manter acesa por 24 horas.

Para fazer todos os dias a mesma coisa, a pessoa tinha que ser “disciplinada”.

Todos os dias o sacerdote ia até as lâmpadas e limpava, tirava toda sujeira, pó e cinzas e acendia novamente – todos os dias mesmo, isso demonstra que a pessoa que que ser educada (disciplinada), então uma das mensagens por trás desse ato é sobre educação espiritual.

MENSAGEM DA MENORÁ – PARTE 3, É A MAIS IMPORTANTE

Para finalizar sobre as mensagens por trás da menorah, eu quero compartilhar uma interpretação com você – que é a que eu mais gosto particularmente, essa interpretação é feita com base nos comentários da cabala.

Segundo a cabala, os sete braços da MENORÁ representam os SETE SABERES, isto é – os sete orifícios que compõem o rosto, são eles:
2 orelhas – 2 olhos – 2 narinas – 1 boca.

Então os sete braços da candelabro representam exatamente isso, você precisa:

Iluminar o que você ouve;
Iluminar o que você olha;
Iluminar o que você cheira;
Iluminar – principalmente, o que você fala.

DIFERENÇA ENTRE CASTIÇAL E O CANDELABRO

Para finalizar essa parte, outra dúvida comum é – Diferença entre o castiçal e o candelabro – é a mesma coisa? – Veremos agora.

A diferença entre o castiçal e o candelabro é muito simples: o castiçal tem encaixe para apenas uma vela ou lâmpada,
enquanto o candelabro tem encaixe para duas ou mais!

E sobre a “menorah”, menorah pode ser qualquer objeto, por exemplo: Existe a menorah da festa de ‘Hanukah | Chanukah’, ela tem 9 hastes e não 7. Esse objeto é uma “menorah” também. Menorah podemos definir como o “objeto”.

Então em resumo, podemos definir: Castiçal é apenas “um”, já o candelabro e um suporte para várias velas – geralmente mais que 3. Algumas vezes na bíblia quando você ler castiçal trata-se de “um”, já candelabro vários. Essa imagem do lado ilustra melhor o texto, rs.

COMO OS SACERDOTES ACENDIAM O CANDELABRO

Vamos falar um pouco do processo para acender a menorá, geralmente o sacerdote acendia a menorá. Somente um sacerdote poderia limpar e prepará-la.

Todas as manhãs um cohen (sacerdote) entrava na seção côdesh (Santo) do Tabernáculo ou do Templo Sagrado e subia as escadas que conduziam à menorá. Tirava as cinzas de todas as lâmpadas, tirava os pavios queimados, colocando novos. Então, derramava azeite de oliva em cada lâmpada de um cântaro que continha meio lug (aproximadamente 250 ml) de azeite de oliva casher. Fazia isto todas as manhãs, mas não acendia a menorá até a tarde.

UMA CURIOSIDADE LEGAL – O MILAGRE DA LUZ

Todas as manhãs, o sacerdote que entrava para limpar a menorá presenciava um milagre. As sete luzes da menorá deveriam ter-se extinguido, pois o azeite que o sacerdote havia acendido na tarde anterior não podia durar mais que doze horas: até a manhã seguinte.

Porém – incrivelmente, sempre encontrava a luz do meio das sete ainda acesa! Como era possível? Tratava-se claramente de um milagre, um sinal de Deus para demonstrar aos judeus que sua Divindade repousava no Tabernáculo.

Este mesmo cohen não tocava na luz do meio, mas limpava as outras seis lâmpadas e colocava novos pavios. O cohen que entrava à tarde encontrava a luz do meio acesa! Usava então esta luz para acender as outras seis luzes. Somente depois de fazê-lo apagava a luz do meio, limpava as cinzas dessa lâmpada e voltava a acendê-la.

A luz do meio manteve-se acesa assim, constantemente, não apenas no Tabernáculo, mas também no Templo Sagrado.

Certa vez, a colheita de olivas para óleo foi muito pobre em Israel, e havia apenas uma pequena quantidade de óleo para acender a menorá. Os cohanim entristecidos, choraram. Porém, durante o período de escassez de óleo, o milagre que geralmente só ocorria com a lâmpada central aconteceu com a menorá inteira. Apesar da quantidade insuficiente de óleo, as lâmpadas da menorá ardiam brilhantes a noite toda. Tudo que eu comentei agora – foi exatamente de um tratado judaico.

O QUE REPRESENTAVA A MENORÁ E O QUE REPRESENTA

Duas coisas bem diferente uma da outra – o que REPRESENTA e o que REPRESENTAVA. Já falamos muito sobre isso nesse post, mas quero resumir de uma forma bem rápida.

O que representa a menorah – Várias coisas como já falamos, os sete espírito de Deus, a mensagem que devemos ser a luz do mundo, por ai vai.
O que representava a menorah – Representava nos tempos bíblicos, a luz de Deus habitando no meio do tabernáculo e no templo.

Post – O que representava a menorá – A verdadeira mensagem por trás…
Tags – o que representava a menorá, o que representa a menorá, o que é a menorá, como era a menorá, a função da menorá, característica da menorá, tabernáculo de Moisés, o que significava a menorah.

CURSO COMPLETO DE HEBRAICO BÍBLICO E CULTURA JUDAICA

Se você chegou até aqui é porque VOCÊ É APAIXONADO por esse tipo de ESTUDO, recentemente lançamos um curso completo de hebraico bíblico e cultura judaica – que vai te ENSINAR INTERPRETAR A BÍBLIA como NINGUÉM e vai te mostrar tudo que você precisa para ser um PREGADOR DIFERENCIADO e de ALTO IMPACTO. Quer aprender ler e escrever direto dos originais? Clique no link abaixo.

Avalie Esse Estudo

Avalie Esse Estudo

Muito obrigado Pela Avaliação / 5. Contagem de Votos

3 thoughts on “➡ O que representa a menorah e o que é o candelabro – Estudo Completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nova Venda
Baixou Ebook