Qual a história de Ana: Quem Foi Ana? (Mãe do Profeta Samuel)

Hey, você já conheceu o ebook tsade? O guia completo com 150 páginas de ensino do hebraico bíblico e da cultura judaica.
Esse material é completo, vários estudos e interpretações bíblicas... clique aqui para saber mais....

Paz irmãos, hoje vamos estudar sobre a história da Ana e entender quem foi Ana – A (mãe do Profeta Samuel), existem poucas informações sobre Ana – reunimos as maiores informações sobre esta personagem tão inspiradora. Ana sem dúvida uma das mulheres mais conhecida na bíblia, ela é a mãe de um dos maiores profetas de Israel.

O QUE SIGNIFICA ANA EM HEBRAICO (MÃE DO PROFETA SAMUEL)

O nome Ana em hebraico é “חַנָּה” – A transliteração é CHANAH, a pronúncia é com RR na garganta “RRANAH”.
A raiz da palavra CHANAH (Ana) é a mesma raiz da palavra “GRAÇA – CHEN“.
Graça em hebraico é CHEN e o nome Ana em hebraico é GRAÇA, BONDADE. Outra tradução também para Ana é “Hospedeira“, isso demonstra que Ana era uma mulher boa e hospedeira.

QUEM FOI ANA, MULHER DE ELCANA?

Agora veremos a grande pergunta: Quem foi Ana.
Ana é mencionada Bíblia somente nos dois primeiros capítulos de I Samuel.

Ela era mulher de Elcana, um levita da tribo de Coate (I Cr 6.22,23) que morava nas regiões montanhosas de Efraim, na cidade de Ramataim-Zofim que é mais conhecida como a cidade de Ramá.

Elcana tinha duas mulheres: Ana e Penina. E, embora Ana não pudesse lhe gerar filhos, ele amava mais a Ana do que a Penina. Isto gerava em Penina um sentimento de competitividade e de desprezo por Ana.

POR QUE OS HOMENS NA BÍBLIA TINHAM VÁRIAS MULHERES? – POLIGAMIA

Não tem como falar de Ana sem responder a grande questão: por que os homens na bíblia tinham várias mulheres? Vamos analisar alguns pontos.

Antigamente, a poligamia estava associada às condições financeiras do homem e não à moral em si como vemos hoje. No contexto cultural da época, um homem poderia ter várias mulheres desde que tivesse boa condição financeira para prover-lhes o alimento e sustentá-las. Ter várias mulheres demonstrava poder e status social.

Destaque-se que, nos tempos antigos, para os hebreus, era muito importante que um homem tivesse filhos, para assegurar sua linhagem. Por este motivo, para a mulher estéril, era muito vergonhoso o fato de não poder gerar filhos.

Era cultura da época quando uma mulher não poderia gerar filhos, o homem se casava com outra para que tivesse herdeiros. Por isso, tudo indica que Ana era a mulher que Elcana escolheu para se casar inicialmente, mas, como esta era estéril e não pôde lhe dar filhos, Elcana se casou com Penina posteriormente.

CONSELHOS BÍBLICOS PARA O HOMEM QUE TINHA MAIS QUE UMA MULHER

Não vamos tratar pormenores sobre este assunto aqui, mas as condições acima citadas estavam de acordo com o contexto cultural e não exatamente com as orientações deixadas por Deus sobre esta questão. Na bíblia, é possível encontrar várias orientações que indicam a união de um homem e uma mulher, conforme Gênesis 2.24 e Mateus 19.5,6.

Porém, como esse contexto cultural já estava enraizado no povo, na bíblia, você vai encontrar orientações sobre como lidar quando tiver mais que uma mulher:

Quando um homem tiver duas mulheres, uma a quem ama e outra a quem despreza, e a amada e a desprezada lhe derem filhos, e o filho primogênito for da desprezada,
Será que, no dia em que fizer herdar a seus filhos o que tiver, não poderá dar a primogenitura ao filho da amada, preferindo-o ao filho da desprezada, que é o primogênito.
Deuteronômio 21:15,16

Observe que Deus nunca aconselhou que o homem se casasse com mais de uma mulher, mas, se fosse o caso, ele deveria zelar, respeitar e cuidar de cada uma delas.

Como exemplos, tem-se várias personagens bíblicos: Jacó, Davi e, o mais conhecido, o rei Salomão com suas 700 mulheres e 300 concubinas. E, Elcana, que tinha como mulheres Ana e Penina.

HISTÓRIA DE ANA, MÃE DE SAMUEL (QUAL A HISTÓRIA DE ANA)

Vamos conhecer um pouco agora qual a história de Ana.
Anualmente, como já era costume da maioria dos judeus, Elcana e sua família iam a Siló adorar e oferecer sacrifícios ao Senhor.

Gostaria de ser um pregador diferenciado e pregar de forma impactante decorando os versículos e sem timidez? Clique aqui para aprender

Curiosidade: Da cidade de Elcana, Ramataim-Zofim, até Siló havia uma distância de cerca de 24 quilômetros. O tempo para que uma família percorresse este percurso era de aproximadamente 2 dias.

Em uma dessas idas a Siló para sacrificar, Ana vai ao templo e, profundamente amargurada por não poder dar à luz a uma criança, que, enquanto chorava e orava ao Senhor, foi tida por embriagada pelo Sumo Sacerdote.

ANA FAZ UM VOTO AO SENHOR

Neste momento de tristeza, Ana fez um voto ao Senhor.

Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.
1 Samuel 1:11

A tristeza era tão grande, que somente seus lábios mexiam, mas não saíam palavras da sua boca. O sacerdote Eli então diz à mulher amargurada: “Aparta de ti o teu vinho!“.

O SACERDOTE ELI ABENÇOA ANA

É aí que, Ana explica sua situação ao sacerdote e, este libera sobre ela uma palavra de bênção:

Vai em paz; e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste.
1 Samuel 1:17

Então, o semblante de Ana se transformou e já não estava tão triste quanto anteriormente, pois agora ela carregava consigo uma esperança: Não sabia nem quando e nem como uma estéril poderia ser mãe, mas ela simplesmente confiou em Deus, que poderia fazer por ela o milagre que tanto queria.

Aqui entra um assunto bem interessante: O Profeta Eli PROFETIZOU ou ele abençoou Ana? A resposta e: Ele abençoou Ana, “Vai em paz, e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste”.

O NASCIMENTO DE SAMUEL, O SACERDOTE, PROFETA E JUIZ DE ISRAEL

Passado um tempo, o voto que Ana fez ao Senhor gerou resultados: O menino Samuel nasceu! Ana, assim o chamou, pois ela pediu essa criança ao Senhor (conforme I Samuel 1.20).

O nome Samuel é de origem hebraica e significa “Deus ouve” ou “Pedido a Deus“.

Logo após dar à luz a Samuel, Ana não desce imediatamente ao templo, mas reafirma seu voto dizendo que Assim que Samuel desmamasse, ela o levaria ao Templo para servir e lá o deixaria para sempre, a fim de cumprir sua palavra.

Completando os dias do desmame, Ana vai ao templo junto com sua família e oferece ao Senhor um sacrifício. E, neste cenário de gratidão, Ana entrega Samuel a Eli, cumprindo portanto o seu voto.

QUEM ERAM OS NAZIREUS? O QUE SIGNIFICA O TERMO NAZIREU?

O termo nazireu tem origem hebraica, sua raiz está relacionada ao termo Nazar que significa “Separado” ou “Consagrado“.
Os nazireus eram pessoas que se separavam para servir ao Senhor com maior integridade e santidade.

Em Números capítulo 6, você pode encontrar informações detalhadas sobre as restrições de nazireu.
Algumas destas restrições estão listadas abaixo:

  • Se apartar de bebidas fortes;
  • Era proibido comer qualquer fruto produzido por vinhas, desde o caroço à casca;
  • Não passar navalha sobre a cabeça;
  • Restringir o contato total a animais mortos;
  • Não se contaminar pela morte de ninguém, inclusive de seus familiares.

SAMUEL ERA NAZIREU?

O mais lindo em toda esta história é que, embora Ana quisesse muito um presente de Deus, seu filho, Deus também tinha planos para o menino Samuel, de forma que ele se tornou um grande homem de Deus e serviu a Israel como Juiz, Sacerdote e Profeta.

Ana faz um voto, que impactaria diretamente a vida de Samuel, quando disse que ela o daria ao Senhor para sempre e sobre a cabeça da criança não passaria navalha (I Samuel 1.11).

Este é um tipo de Nazireado. Ana promete que seu filho estaria pra sempre disponível a Deus, para servi-lo.

A condição de Ana ao pedir a Deus um filho é semelhante à proposta feita à mãe de Sansão quando o Anjo do Senhor pede que a mulher de Manoá que se prepare e se abstenha de bebidas fortes, pois ela daria à luz a um nazireu, que livraria o povo de Deus.

Em ambos os casos, de Samuel e de Sansão, a condição de nazireu é inata, ou seja, eles adquiriram esta condição de nazireu desde o nascimento.

Portanto, com base no que foi dito por Ana quando realizou o voto e comparando com o trecho bíblico de Números 6, podemos considerar que Samuel era Nazireu.

O CÂNTICO DE ANA – A ESTÉRIL MÃE DE FILHO

Ao realizar o sonho de ser mãe e cumprir seu voto, Deus honrou a Ana e lhe deu outros filhos.
Após a sua vitória, Ana registra um dos mais lindos cânticos de gratidão a Deus em I Samuel 2.

É importante dar atenção à última parte do versículo de I Samuel 2.5:

Os fartos se alugaram por pão, e cessaram os famintos; até a estéril deu à luz sete filhos, e a que tinha muitos filhos enfraqueceu.
1 Samuel 2:5

Há dois pontos importantes a se destacar:

  • “Até a estéril deu à luz sete filhos”: Ana diz que Deus faz a estéril ser mãe de sete filhos – De acordo com algumas literaturas, este não é o número exato de filhos de Ana, mas sim, uma metáfora para representar que o milagre realizado por Deus foi perfeito.No contexto cultural da época, o número 7 representava a perfeição, e Ana utilizou este número em seu cântico em forma poética e grata por Ele ter aberto sua madre e possibilitado gerar filhos e filhas.De acordo com o relato bíblico, no versículo 21 do capítulo 2 de I Samuel, Ana deu à luz a 5 filhos:

Visitou, pois, o Senhor a Ana, que concebeu, e deu à luz três filhos e duas filhas; e o jovem Samuel crescia diante do Senhor. 1 Samuel 2:21

  • “E a que tinha muitos filhos enfraqueceu”: Este trecho do cântico, provavelmente, faz referência à Penina que tinha muitos filhos, mas sua madre foi cerrada.

CONCLUSÃO

Conhecemos um pouco melhor quem foi Ana e também um pouco da sua história. O mais legal na vida de Ana que além dela ter  uma intimidade bem profunda com Deus, ela também gerou um dos grandes profetas de Israel, Samuel. O Nascimento de um Líder Profético em Israel.

Post – Qual a história de Ana: Quem Foi Ana? (Mãe do Profeta Samuel)
Tags – O Nascimento de um Líder Profético em Israel, Quem foi Ana, História de Ana, o que é Nazireu, Nazireu, Samuel, Profeta Samuel, Qual a história de Ana, Qual a história de Ana: Quem Foi Ana? (Mãe do Profeta Samuel)
Post Relacionado – Visão geral dos livros de Samuel – Panorama Bíblico

Avalie Esse Estudo

Avalie Esse Estudo

Muito obrigado Pela Avaliação 4.4 / 5. Contagem de Votos 25

HEY, VOCÊ GOSTARIA DE SER UM PREGADOR \ ESTUDANTE DA BÍBLIA TOTALMENTE DIFERENCIADO?

A maioria dos pregadores diferenciados e estudantes da bíblia que chamam atenção das pessoas enquanto fala são aquelas que tem um estudo diferenciado.
Você já conheceu alguém que enquanto fala todos querem ouvir?
O que essas pessoas tem que as outras não?
Essas pessoas tem muito conhecimento bíblico e sabem fazer uma EXCELENTE EXEGESE BÍBLICA.
Gostaria de aprender hebraico bíblico e cultura judaica e o principal, fazer uma excelente exegese bíblica?

CLIQUE AQUI PARA APRENDER HEBRAICO BÍBLICO E CULTURA JUDAICA

Tags: | | | | | |

Sobre o Autor

Aline Favali de Souza Figueiredo Patrocínio
Aline Favali de Souza Figueiredo Patrocínio

Aline Favali, co-produtora do portal Estudo de Deus e do Curso Tsade - Hebraico do Jeito Certo. Formada em Ciência da Computação e em Licenciatura em Matemática, pós graduada em Gestão de Projetos e amante da Bíblia Sagrada e do hebraico bíblico.

3 Comentários

  1. Eu amo os estudos são muito bons mesmo se eu puder pedir gostaria de um estudo sobre a santa ceia eu ainda não vi por q a muito obrigada boa tarde a paz do Salvador 😇🙏


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *