Quem era o jovem rico e a sua verdadeira história [Revelado]

Paz, tudo bem?

– Um dos assuntos que gera mais polêmica e diversas interpretações é sobre o “jovem rico“, nesse pequeno post quero falar um pouco sobre esse assunto – LEMBRANDO que vou expor uma interpretação um pouco diferente, existem varias maneiras de interpretar, a que vou usar é uma que eu particularmente acredito. FIQUE COMIGO ATÉ O FIM DESSE ESTUDO!

QUEM ERA O JOVEM RICO

Muitos interpretam essa passagem como parábola, mas é um erro exegético muito grande, a bíblia não chega mencionar o nome desse jovem rico nem sua origem, mas deixa uma boa descrição sobre quem era o jovem rico, com base nos textos a seguir, poderemos traçar seu perfil.

Jesus em sua última viagem para Jerusalém, Ele encontrou esse personagem, que é bem interessante.

Lucas diz que ele era um príncipe (Lc 18.18). A palavra príncipe no grego é “arcwn (archon)“, que significa literalmente – governador, comandante, chefe, líder, isso revela que ele não era um simples homem, mas sim alguém que tinha uma certa importância dentro da sociedade judaica e a bíblia também menciona o fato dele ser muito rico – “muitas propriedades…”

O PEDIDO DE JESUS PARA O JOVEM RICO

Jesus fez um pedido meio que “insano” ao jovem, Ele pediu para o jovem vender tudo que ele tinha e dar aos pobres para ser perfeito, conforme o versículo:

Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. – Mt 19.21

Esse pedido que Jesus fez para o jovem, olhando com um “olhar” mais pro texto, fica difícil interpretar, algumas perguntas que devemos fazer:

  • será mesmo que Jesus estava querendo dizer isso?;
  • Será que conseguimos conquistar o reino de Deus apenas comprando?;
  • Seria possível alcançar a perfeição apenas vendendo tudo e dando aos pobres?

Olhando apenas o texto, fica bem difícil entender que estava acontecendo ali, o pedido de Jesus não estava relacionado a bens materiaisVamos analisar mais a fundo essas questões nos próximos tópicos – FIQUE COMIGO ATÉ O FIM!

SALVAÇÃO NÃO PODE SER COMPRADA COM DINHEIRO

No tópico anterior vimos que Jesus fez uma proposta para o jovem – “vende tudo que tem e da aos pobres“, depois disso ele herdaria o reino de Deus – MAS ESTARIA JESUS FALANDO DE BENS MATERIAIS? – Seguindo essa lógica, o reino de Deus então é comprado e não dado pela graça de Jesus. Dinheiro nenhum pode comprar a salvação.

Muitas pessoas pegam esse ‘pedacinho isolado‘ e montam estudos dizendo que é dando dinheiro que entramos no reino de Deus, porem – não é disso que esse texto trata.

Vamos ver um pouco agora sobre a salvação, se ela é comprada com dinheiro ou foi conquistada na cruz com sangue de Jesus, me acompanhe nessa leitura de alguns versículos.

A salvação não se compra com dinheiro, pois ela já foi comprada por Jesus no Calvário com sangue – 1 Co 6.20

“20 Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.” – 1 Co 6.20

A salvação não pode ser comprada, senão as pessoas se “gloriariam nelas mesmo“, a salvação é um dom gratuito de Deus, mediante a graça – Ef 2.8,9.

“(…) Porque pela graça sois salvo, isso não vem de vós é dom de Deus […]” – Ef 2.

Vamos analisar também o SALMO 49 – Observe o texto:

6 – Aqueles que confiam na sua fazenda, e se gloriam na multidão das suas riquezas,

7 – Nenhum deles de modo algum pode remir a seu irmão, ou dar a Deus o resgate dele.

8 – (Pois a redenção da sua alma é caríssima, e cessará para sempre),

Nesse Salmo fica evidente que a salvação não pode ser comprada com dinheiro ou esforço próprio. O versículo 7 diz com clareza – o homem não pode dar a Deus o resgate da salvação.

Vamos ler mais um versículo para concluirmos esse assunto – lembrando é apenas uma “pequena parte, o assunto é muito mais amplo”, só existe uma pessoa que pode nos ligar a Deus novamente e intermediar Deus e nós, que é Jesus Cristo – sendo assim, não há salvação sem Jesus.

1 Timóteo 2,5 – há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.

Depois de todos os textos que lemos, fica muito claro que Jesus não estava querendo comprar a salvação do jovem rico com dinheiro, fica mais claro ainda que “os bens” desse jovem não era só dinheiro, mas tinha algo a mais ali – O que Jesus estava realmente pedindo não era o “dinheiro” do jovem rico, mas algo totalmente diferente, vamos ler o próximo tópico.

O QUE REALMENTE JESUS PEDIU PARA O JOVEM RICO

A grande pergunta é – O que Jesus realmente pediu para aquele jovem? – SERIA REALMENTE DINHEIRO? – Vamos analisar um pouco o ocorrido.

O jovem já guardava todos os mandamentos e já conhecia praticamente toda a palavra de Deus da época, mas mesmo assim, esse conhecimento não era suficiente para o jovem ser perfeito e herdar o reino de Deus.

Jesus pediu para o jovem “vender tudo” que tinha e dar aos pobres, esse foi o pedido de Jesus – Mas, se eu dissesse que esses “bens materiais” na verdade não eram riquezas físicas, mas sim de “conhecimento”.

O pedido de Jesus para o jovem rico estava relacionado a “vende todo seu conhecimento” e da aos pobres. Esse texto trata-se de riqueza no sentido de conhecimento, não de riqueza no sentido físico. VAMOS INTERPRETAR JUNTOS ESSA PASSAGEMME ACOMPANHE NO PRÓXIMO TÓPICO!

INTERPRETANDO A PASSAGEM DO JOVEM RICO

Sem muitas enrolações, vamos interpretar juntos essa passagem bíblica, o que realmente Jesus pediu para o jovem rico?

A palavra “vender” não significa diretamente – vendas de algo, produto físico ou serviço, mas a palavra vender em qualquer dicionário é – “trocar aquilo que você tem, por algo” – isto é – A venda de uma ideia, pode ser considerado uma venda.

Vender é literalmente – trocar o que você tem, por outra coisa – vender nessa passagem bíblica é – “vende a ideia do evangelho para os pobres“.

Jesus estava dizendo para aquele jovem – “Vende a ideia do evangelho para os pobres, isto é – “aqueles que não tem”, já que você tem o conhecimento e segue desde criança – vende a ideia do evangelho, isto é – dê tudo que você tem (conhecimento) para os pobres (aqueles que não tem) e então será perfeito.

Jesus estava fazendo um apelo para aquele jovem – vender tudo que ele tinha de conhecimento – isto é – levar os ensinamentos que ele tinha, para os pobres (aqueles que não tinha conhecimento).

É exatamente disso que se trata esse texto, não podemos interpretar essa passagem bíblica como “bens materiais“, pois machucaria a exegese bíblica.

Em resumo – Jesus estava chamando aquele jovem para ser um “evangelista“, alguém que levaria seu conhecimento para aqueles que necessitam – os pobres. O texto se refere a um chamado que foi rejeitado – Há muitas pessoas como esse jovem rico, tem muito conhecimento, mas insiste em guardar para si mesmo!

CONCLUSÃO

Com base nas interpretações bíblicas – tanto histórica quanto cultural, ficou evidente que Jesus não estava chamando o jovem para vender seus bens materiais, mas sim ‘seu maior bem – que era o conhecimento’, essa passagem trata-se de conhecimento e não de bens materiais. Assim como o jovem rico que não quis compartilhar seus conhecimentos, existem muitas pessoas que também não gostam de compartilhar seus conhecimentos – Você tem compartilhado seus conhecimentos do reino de Deus para outras pessoas? – Gostaria de concluir com esse questionamento!

Post – Quem era o jovem rico e a sua verdadeira história [Revelado]
Tags – quem era o jovem rico, o pedido de Jesus para o jovem rico, salvação não pode ser comprada com dinheiro, jesus pediu dinheiro para o jovem rico, a historia do jovem rico, a verdadeira história do jovem rico, interpretação da história do jovem rico.

MATERIAIS PARA SEU CRESCIMENTO

Comentários

Comentários

4 comments

  1. Pois eu concordo com irmão que diz que o texto traz a palavra propriedades, portanto não se tratava de conhecimento, e não se trata do valor da propriedade, pois para Deus uma bicicleta e um avião valem a mesma coisa, pode se tratar de um coração que confiava nas riquezas.

    1. Como eu disse, são várias interpretações, eu mostrei um lado. Lembrando que os “bens – propriedades” podem ser considerados como conhecimento. Seu conhecimento é uma propriedade. Mas eu entendi que o irmão disse, mas lembrando, eu só expus um lado da interpretação.
      Fica na Paz…

  2. a paz pra todos , se fomos presta a atenção, o texto também não fala diretamente em Riquesa materiais.mais sim conhecimentos, porque Deus pergunta se ele conhece os mandamentos e ele diz que sim,então Deus manda ele passa pra os demais que ainda não conhece.eu concordo com a interpretação do irmão,fiquem todos na paz.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *