Neste estudo vamos aprender sobre o cativeiro babilônico, literalmente como o povo do reino sul foi levado por Nabucodonosor.
Fique comigo até o final deste estudo, sem dúvidas valerá a pena! 😉

INTRODUÇÃO SOBRE O CATIVEIRO BABILÔNICO (CATIVEIRO DO REINO SUL)

Para entender como aconteceu o cativeiro babilônico, precisamos ler todo o contexto histórico dos reis de Israel e de Judá e principalmente ver também os profetas, tanto os menores, como os maiores.

Já estudamos sobre o cativeiro da assíria (reino do norte) – porém neste estudo veremos o cativeiro do reino sul, ele sem dúvida foi muito pior que o cativeiro de Israel (reino do norte), vamos começar agora analisar pontos importantes sobre este cativeiro.

CONTEXTO HISTÓRICO DOS REIS DE JUDÁ

Para gente entender melhor sobre como foi o cativeiro babilônico, precisamos entender um pouco do contexto – o que vem antes do cativeiro.

Não vamos analisar todos os reis de Judá neste estudo, mas vamos ver os últimos reis que tiveram em Judá e como foi o comportamento de cada um – apenas um resumo para entender como chegaram a ser levados para cativeiro da babilônia (reino de Judá – Sul)

REI EZEQUIAS

O rei Ezequias foi um ótimo rei, serviu a Deus com muito amor e foi um dos homens que mais confiou em Deus.
Ele restabeleceu os cultos na casa de Deus, restaurou as tradições antigas novamente em Jerusalém.

REI MANASSÉS

Após a morte do Rei Ezequias, quem começou reinar em seu lugar foi o seu filho Manassés, ele foi um péssimo rei, ele é conhecido como um dos piores reis de Israel.

REI AMOM

Após o rei Manassés morrer, seu filho Amom começa reinar em seu lugar, ele foi tão ruim quanto seu pai.
Ele reinou por pouco tempo.

O REI JOSIAS

Após a morte do rei Amom, quem começou reinar em seu lugar foi Josias, este sim foi um excelente rei.
Não houve rei “nem antes e nem depois dele – igual a ele – 2 Rs 23.25.
No período do reinado de Josias, o profeta Sofonias estava profetizando, inclusive profetizando que viria o cativeiro babilônico.

A MORTE DO REI JOSIAS

No período do seu reinado (de Josias), o faraó Neco que era rei do Egito subiu até o rio Eufrates ao encontro do rei da Assíria.
O rei Josias subiu para pelejar contra faraó – para combate-lo, mas o faraó Neco o enfrentou e o matou em Megido.

Os oficiais de Josias quando souberam da morte dele, pegaram o corpo dele de Megido e levaram para Jerusalém e sepultaram ele lá!
Aí o povo colocou seu filho como rei, o nome do menino era JEOCAZ.

O REINADO DE JEOCAZ

O filho de Josias que era Jeocaz começou reinar em seu lugar, ele tinha 23 anos de idade e reinou por apenas três meses em Jerusalém!
Ele foi um péssimo rei e fez tudo que desagrada a Deus, assim como foi os reis anteriores.

Certa vez houve uma guerra entre o faraó Neco e Jeocaz, o faraó venceu e prendeu Jeocaz em Ribla, na terra de Hamate, ai ele não reinou mais em Jerusalém.

Faraó depois de ter vencido, impôs algumas condições para Judá, como:

  • pagar tributos de três toneladas e meia de prata
  • trinta e cinco quilos de ouro.

E colocaram Eliaquim (que era o outro filho de Josias e irmão de Jeocaz) como rei em Judá.
Ai faraó mudou o nome de Eliaquim para Jeoaquim.

E faraó também pegou Jeocaz e levou ele para o Egito – e ali ele morreu (Jeocaz).

O REINADO DE JEOAQUIM

Jeoaquim começou a pagar os tributos a faraó, como: prata e ouro.
Mas para fazer isso, ele precisou cobrar altos tributos do povo para pagar a Neco, eles pagavam os tributos conforme sua renda.

Jeoaquim tinha 25 anos de idade quando começou a reinar e reinou por onze anos em Jerusalém.
E como sempre, ele fez tudo que era ruim perante o Senhor, assim como seus pais.

A PRIMEIRA INVASÃO DE NABUCODONOSOR

Durante o reinado de Jeoaquim, o rei da babilônia chamado de Nabucodonosor invadiu o país e fez Jeoaquim seu servo por três anos.
Depois que passou os três anos, o rei Jeoaquim resolveu subir contra Nabucodonosor.

O SENHOR ENTREGOU JUDÁ NA MÃO DO INIMIGO

O Próprio Deus enviou contra Judá várias tropas, entre elas:

  • babilônicos;
  • aramaicos;
  • moabitas
  • amonitas

Tudo para destruir Judá, conforme as palavras que Ele já tinha falado pelos profetas – 2 Rs 23.2
Um dos motivos do próprio Senhor ir contra Judá, foi devido aos pecados de Manassés – 2 Rs 24.3

Inclusive, o derramamento de sangue inocente, o Senhor não quis perdoar – 2 Rs 24.4
Após isso, o rei Jeoaquim morreu e quem reinou no seu lugar foi o seu filho Joaquim.

O REI DO EGITO

O rei do Egito Neco nunca mais saiu de Jerusalém – depois de ter tomado, um dos motivos é porque o rei da Babilônia tomou o Egito, desde os rios laterais até ao rio Eufrates.

Neste mesmo período, estava o rei do Egito em Jerusalém e começou reinar Joaquim, ele tinha 18 anos e reinou por 3 meses em Jerusalém.
Ele fez que era mal aos olhos do Senhor, assim como fez seu pai.

NABUCODONOSOR PRENDE JOAQUIM E SOBE PARA JERUSALÉM

Nos tempos de Joaquim, os servos de Nabucodonosor subiu contra Jerusalém e cercaram toda a cidade.
Depois chegou Nabucodonosor quando todos já estavam cercados.

E nisso do povo estava cercado, o rei Joaquim subiu para falar com Nabucodonosor, junto com ele estavam os eunucos, servos, a mãe dele, e nisso o rei Nabucodonosor prendeu eles todos – 2 Rs 24.12

Depois de ter prendido eles, Nabucodonosor tirou todos os tesouros da casa do Senhor e também da casa do Rei, pegou todos os utensílios de ouro que tinha no templo de Salomão.

A PRIMEIRA REMESSA QUE FORAM LEVADOS PARA O CATIVEIRO

Na primeira remessa o rei Nabucodonosor transportou uma galera de Jerusalém para babilônia, entre eles:

  • – príncipes;
  • – homens valorosos;
  • – dez mil presos;
  • – todos os carpinteiros;
  • – ferreiros.

Só ficou o povo pobre da terra – 2 Rs 24.14.
Depois Nabucodonosor também levou:

  • os homens valentes até sete mil;
  • os carpinteiros;
  • os ferreiros
  • até mil homens de guerra.

O REINADO DE ZEDEQUIAS

Depois que Nabucodonosor levou a turma de Jerusalém para babilônia, ele tirou Joaquim como rei de Judá e colocou o tio dele (de Joaquim), o nome dele era Matanias.
Aí o rei Nabucodonosor mudou o nome de Matanias para Zedequias.

Zedequias tinha 21 anos de idade quando começou a reinar, e reinou por onze anos em Jerusalém.
Ele também fez o que era mal aos olhos do Senhor, assim como Joaquim – 2 Rs 24.19.
Foi ai um dos grandes motivos da subir a ira de Deus contra o povo de Jerusalém, eles rejeitaram mais uma vez a face de Deus.

A SEGUNDA INVASÃO DE NABUCODONOSOR EM JUDÁ

O rei Zedequias teve a ideia de pelejar contra o rei da babilônia mais uma vez.
Em seu nono ano de reinado, ai o rei Nabucodonosor subiu contra Jerusalém com todo seu exército.

Nabucodonosor junto ao seu exército acamparam ao redor de Jerusalém e fizeram trincheiras ao redor (tipo muros) da cidade.
E toda cidade foi sitiada até ao undécimo (11) ano do rei Zedequias.

No oitavo dia do quarto mês Nabucodonosor invadiu Judá, a cidade já estava toda apertada de fome, não havia nem pão para a terra.
Então a cidade foi destruída.

OS SOLDADOS TENTARAM FUGIR

Todos os homens de guerra de Judá fugiram de noite pelo caminho das portas dos muros, junto ao jardim do rei (porque os caldeus estavam entorno das cidade).
Porém, eles não conseguiram fugir da cidade, pois os caldeus pegaram eles – inclusive pegou também o rei nas campinas de Jericó.
Todo o exército de Judá foi dispersado e fugiram.

E nessa fuga, até o rei Zedequias tentou fugir, pegaram ele e levaram para Babilônia, ele ficou preso em Ribla.
Pegaram os filhos de Zedequias e degolaram eles e depois pegaram o rei Zedequias e vazaram seus olhos e depois atacaram ele com duas peça de bronze – e levaram ele preso para babilônia – 2 Rs 25.7

O CAPITÃO NEBUZADARÃ DESTRUIU A CIDADE DE JERUSALÉM

No quinto mês e no sétimo dia do mês que eles já estavam em cativeiro, veio um capitão da guarda chamado Nebuzaradã, ele era servo do rei da babilônia, ele foi para Jerusalém, chegando lá, ele:

  • – queimou a casa do Senhor;
  • – a casa do rei;
  • – todas as casas de Jerusalém;
  • – todas as casas grandes igualmente queimou – 2 Rs 25.8

E todo o exército dos Caldeus estavam com o capitão – derrubaram e destruíam os muros ao redor de Jerusalém – 2 Rs 25.10.
Os que resistiram de sair de Jerusalém – o capitão levou preso para babilônia.

Aí os mais pobres da terra, o capitão deixou ficar para vinheiros e para lavradores.

O QUE OS CALDEUS LEVARAM DE JERUSALÉM

Os caldeus também quebraram as colunas de cobre que estavam na casa do Senhor, as bases, o mar de cobre que estava na casa de Deus, e levaram tudo para babilônia – inclusive todos os bronzes de Jerusalém.

  • levaram as caldeiras;
  • pás;
  • apagadores;
  • perfumadores
  • todos os utensílios de cobre
  • tomou os braseiros e as bacias, tudo que tinha ouro e prata
  • levou as duas colunas que era a base do Templo de Salomão;
  • Foram utensílios incalculáveis – 2 Rs 25.16.

O capitão Nebuzaradã tomou também

  • Seraías, que era o sacerdote;
  • Sofonias que era o segundo sacerdote;
  • e os três guardas do umbral da porta;
  • pegou também o eunuco que tinha cargo da gente de guerra;
  • cinco homens dos que viam a face do rei;
  • os escrivão-mor do exército que registrava o povo da terra para a guerra;
  • e sessenta homens do povo da terra que achou-se na cidade.

O capitão levou toda essa galera para babilônia, em Ribla.
O rei da Nabucodonosor os feriu e os matou em Ribla, na terra de Hamate e Judá foi levado preso para fora de sua terra.

OS QUE SOBRARAM EM JUDÁ | O QUE ACONTECEU?

Ai os que sobraram em Judá, Nabucodonosor deixou lá, ele colocou sobre eles um líder, o nome dele era Gedalias.
Gedalias falou para o povo servi a Nabucodonosor, e falou para não temerem ser servos dos caldeus.

Passando sete mês, veio Ismael que era filho de Netanias (ele era da semente real) – ele foi com dez homens e mataram Gedalias, ele matou também os judeus que estavam lá, os caldeus que estavam com ele em Mispa.

Ai o povo ficou preocupado, desde o menor até o maior, e foram para o Egito, porque temiam os caldeus.
Passando 37 anos de cativeiro, o rei Evil-Merodaque – que era rei da babilônia, libertou Joaquim rei de Judá da prisão.

E deu para ele benignidade e pôs seu trono acima dos tronos dos reis que estavam na babilônia.
Ele mudou as vestes de prisão e continuou Joaquim na casa do rei – durante todos os dias de sua vida, comendo e bebendo.

E assim foi o cativeiro babilônico.

Post – Cativeiro de Judá | Como Ocorreu o Cativeiro Babilônico – Completo
Tags – cativeiro de judá, cativeiro babilônico, Nabucodonosor e Babilônia
Post Relacionado – Cativeiro de Israel: Reino do Norte | Assíria Leva Israel Para Cativeiro

Tags: | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *