O que Era o Fogo Estranho - Tudo que Nunca Te Contaram [ REVELADO ]

O que Era o Fogo Estranho – Tudo que Nunca Te Contaram [ REVELADO ]

Opa, tudo bem?

Bora para mais um post? O de hoje é bem menor, vou te mostrar alguns dos motivos do “fogo ser estranho“, quando Nadabe e Abiú ofereceram para Deus – O que era o fogo estranho? Porque o fogo se tornou estranho?  – Vamos ver isso daqui a pouquinho, fique comigo até o fim desse estudo. 😉

INTRODUÇÃO

Porque esses dois irmãos morreram de forma tão bruta? O que teria feito Nadabe e Abiú para Deus? O que é o fogo estranho? – Porque o fogo era estranho? Várias perguntas relacionadas ao assunto será respondidas aqui nesse post 😉  – Um dos assuntos mais discutidos e mal interpretado da antiga aliança é sobre “o que seria esse fogo estranho”, alguns falam que o fogo estranho foi atitude dos meninos, outros dizem que foi a oferta que ofereceram, vamos analisar o que seria dentro do contexto bíblico.

CONTEXTO BÍBLICO [FOGO ESTRANHO]

Antes de inaugurar o tabernáculo, Moisés pede para Arão e seus filhos ficarem na frente do tabernáculo em plena consagração durante sete – E no 8 aconteceria a inauguração, inclusive de Arão como sumo sacerdote.

Mas acontece uma coisa inesperável, Arão ora a Deus e o fogo não cai sobre o holocausto, Arão precisa mais uma vez de Moisés para o fogo Santo descer. leia Levítico 9 (Isso aconteceu no 8 dia).

Alguns especialista em talmud, diz que isso causou GRANDES FRUSTRAÇÕES para Arão e seus filhos, pois no dia mais importante da sua vida – ele ainda precisou de Moisés.

Um dos motivos que levaram os filhos de Arão acender fogo estranho foi essa – “imitar a manifestação de Deus” para o povo, como se eles estivessem dizendo “olha, nós também conseguimos, não é só Moisés“.

Uma observação bem legal – O tabernáculo foi inaugurado ao OITAVO DIA. O oito é o número da ressurreição do novo recomeço. Percebemos isso já na criação, quando o Eterno Criou tudo em seis dias, ao sétimo descansou e no oitavo dia tem início as atividades de Adão no Paraíso!

Temos este exemplo também na cidade de Jerusalém. A cidade possui oito portões, dos quais sete estão abertos. O portão que está fechado é chamado de “Portão Dourado”. Este portão será aberto quando o Mashiach vier para reinar com seu povo.

Nadabe e Abiú eram dois dos quatro filhos de Arão (Êxodo 6:23), que foram escolhidos por Deus para exercerem como sacerdotes:

“Fazei também vir para junto de ti Arão, teu irmão, e seus filhos com ele, dentre os filhos de Israel, para me oficiarem como sacerdotes, a saber, Arão e seus filhos Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar” (Êxodo 28:1)

ORIENTAÇÃO DE COMO DEVERIAM OFERECER OS SACRIFÍCIOS

Além de todas as orientações de  como o sacerdote deveria se comportar, tinha também uma lei especial que determinava o tipo de incenso que deveria ser usado no tabernáculo.

Era uma receita especial que só podia ser usada ali:

“Porém o incenso que fareis, segundo a composição deste, não o fareis para vós mesmos; santo será para o SENHOR” (Êxodo 30:37).

Temos também uma indicação clara de que o fogo usado para acender esse incenso deveria vir do próprio altar do incenso, que ficava dentro do lugar santo:

“Tomará também, de sobre o altar, o incensário cheio de brasas de fogo, diante do SENHOR, e dois punhados de incenso aromático bem moído e o trará para dentro do véu. Porá o incenso sobre o fogo, perante o SENHOR, para que a nuvem do incenso cubra o propiciatório, que está sobre o Testemunho, para que não morra” (Levítico 16:12-13).

ELES OFERECIAM SACRIFÍCIOS PARA ELES MESMO (DAQUI A POUQUINHO VAMOS VER O QUE ERA O FOGO ESTRANHO)

Uma das perguntas mais frequentes que recebemos é – Porque os sacerdotes ofereciam sacrifícios pra eles mesmo?  – Em Levítico 8, 9 – Arão e seus filhos ofereceram sacrifícios perante o Senhor também, um dos grandes motivos é – Para mostrar que eles também são humanos e precisam da misericórdia de Deus.

O QUE ERA O FOGO ESTRANHO (ESH ZARA) – 10 ERROS DE NADABE E ABIÚ

Bom, sem mais enrolação, vamos entender porque o “sacrifício” foi entendido como um FOGO ESTRANHO (ESH ZARA) – Eles cometeram vários pecados perante o Senhor Lv 10.1, vamos analisar agora alguns pontos interessantes, observe:

  • 1º – Cada um deles tomou seu próprio incensário – o incensário era agrado e do santuário não pertencia a eles;
  • 2º – Ofereceram incenso ao mesmo tempo, quando um só poderia fazê-lo;
  • 3º – Eram as pessoas erradas para manusear o incenso e apresentá-lo ao Senhor. Essa era a tarefa do pai deles, o sumo sacerdote (Êx 30.7-10);
  • 4º – Agiram na hora errada, pois era somente do Dia da Expiação que o sumo sacerdote tinha permissão de levar incenso para dentro do Santo dos Santos e, mesmo assim, precisava submeter-se a um ritual especial de purificação (Lv.16);
  • 5º – Não agiram sob autoridade nenhuma – nem de Moisés e nem de Arão e muito menos do Senhor;
  • 6º – Não procuram seguir a Palavra de Deus que Moisés havia recebido e dado a eles;
  • 7º – Ao queimarem o incenso usaram fogo de outro lugar e não do altar, por isso, foi chamado de “Fogo Estranho”. O sumo sacerdote havia sido ordenado a queimar o incenso com brasas tiradas do altar de bronze (Lv 16.12). O fogo sobre o altar tinha descido da parte de Deus e era mantido aceso perpetuamente (Lv 6.12,13);
  • 8º – Agiram com a motivação errada e não buscaram glorificar ao Senhor (Lv 10.3);
  • 9º – Estavam sob a influência errada, estavam embriagados. Os versículos 9 e 10 dão a ideia que estavam sob a influência do álcool.
  • 10º – Para manter o altar acesso era necessário tirar brasas de fogo do altar do sacrifícios, eles colocaramQuando  fogo que eles mesmo acenderam, as brasas só podiam ser tiradas do altar.

Esses foram alguns dos motivos que INVALIDARAM o sacrifícios deles – Isso fez com que o “fogo fosse estranho – Perante o Senhor.” – Então o fogo estranho é exatamente por causa desses motivos.

PARA FINALIZAR – ALGUMAS VARIAÇÕES DA PALAVRA “EXPIAÇÃO” EM HEBRAICO

Algumas variações da palavra “expiação em hebraico” para gente finalizar esse estudo, lembrando que é apenas um material complementar, fechou?

  • Kapar – Expiação – fazer expiação, fazer reconciliação, purificar;
  • Koper – resgate, dádiva, obter favor;
  • Kippur – expiação (perdão) usado na expressão YOM KIPPUR (Dia do perdão).

Algumas variações da palavra na raiz, segue:

  • Berek – joelho;
  • Beraka – benção;
  • Bereka – tanque, reservatório.

A PARTE MAIS IMPORTANTE DO ESTUDO [UM RECADO DIRETO PARA VOCÊ]

Você gostaria de APRENDER hebraico bíblico e cultura judaica? Recentemente nós aqui do Estudo de Deus lançamos o nosso curso de Hebraico Bíblico e Cultura Judaica, um curso completo que você irá aprender a ler e escrever em hebraico. ESTAMOS COM PREÇO PROMOCIONAL, VAGAS TOTALMENTE LIMITADAS.

Avalie Esse Estudo

Avalie Esse Estudo

Muito obrigado Pela Avaliação / 5. Contagem de Votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aprenda Como Montar Uma Pregação de Alto ImpactoEU QUERO PREGAR MAIS
Nova Venda
Baixou Ebook