Quem é o devorador em Malaquias – O devorador é um demônio?

Quem é o devorador? O que é o devorador? Devorador é um demônio? Se a gente não der os dízimos, o devorador vem pegar nosso dinheiro? Essas perguntas e várias outras serão respondidas nesse estudo.

A intenção desse post é apresentar uma linha de interpretação com base em fatos científicos e históricos. Esse post é bem específico para falar sobre o famoso devorador, caso você não tenha visto o primeiro artigo dessa série sobre dízimos e ofertas, acesse o link do lado – O que é dízimo e o que significa dízimo em hebraico.

INTRODUÇÃO – QUEM É O DEVORADOR

Um dos assuntos mais complicado de se falar sem dúvida é sobre o dízimo, um dos motivos é – porque é algo que mexe no bolso (dinheiro). O dinheiro é um assunto muito delicado, cada um sabe o que melhor faz com seu dinheiro, nesse estudo vamos falar o que era o devorador, muitas pessoas usam o devorador para assustar os crentes e obrigarem eles a dar o dízimo, seria isso uma verdade bíblica? Vamos analisar daqui pra frente.

QUEM E O DEVORADOR NA BÍBLIA – O QUE ERA O DEVORADOR NA BÍBLIA

A pergunta mais comum que recebemos é: O que era os devoradores? O devorador é um demônio?
Nesse tópico vamos estudar um pouco sobre este assunto.

Bom, vamos lá, o que era então o devorador?
Resposta: O devorador era exatamente um “gafanhoto” ou gafanhotos.

Os gafanhotos na bíblia recebe vários nomes, como: gafanhotos, migrador, devorador e destruidor.
O devorador não é um demônio, como muitos pastores ensinam, daqui a pouco vamos falar um pouco sobre isso.

Vamos analisar esses dois textos em Joel 1:4 e Joel 2:25.

O que o gafanhoto cortador deixou o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto peregrino deixou o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou o gafanhoto devorador comeu – Joel 1:4

Quem a bíblia acabou de chamar de devorador? O GAFANHOTO DEVORADOR, quem era então o devorador no antigo testamento? O próprio texto já diz – OS GAFANHOTOS e não demônios.

A bíblia chama o gafanhoto de devorador por vários motivos, jaja iremos aprofundar mais ainda neste assunto, vamos continuar o raciocínio.

“Vou compensá-los pelos anos de colheitas que os gafanhotos destruíram: o gafanhoto peregrino, o gafanhoto devastador, o gafanhoto devorador e o gafanhoto cortador, o meu grande exército que enviei contra vocês – Joel 2:25

Mais uma vez a bíblia chama o “devorador” de gafanhoto, não precisa ser uma exegeta phD para entender isso, apenas uma interpretação de texto básico a gente já conclui isso.

O DEVORADOR É UM DEMÔNIO

Bom, a gente já estudou no tópico anterior que o devorador não é um demônio, mas sim um gafanhoto, ai a pergunta que fica é: Usar Malaquias para dizer que o “demônio devorador” vai consumir o dinheiro dos irmãos que não dão dízimo está correto?
A resposta é: É um absurdo teológico afirmar que “devorador” de Malaquias é um demônio. E assustar os irmãos com essa passagem é complicado.

A passagem de Malaquias não tem ligação nenhuma com a igreja, mas sim “com esta nação”, como a bíblia mesmo diz, isto é – ISRAEL.
Então NÃO – O devorador não é um demônio, mas sim um gafanhoto.

ENTENDENDO O DEVORADOR – GAFANHOTOS [TÓPICO MAIS IMPORTANTE DO ESTUDO]

Bom, como já vimos, o devorador na verdade é os gafanhotos, para gente compreender melhor isso, precisamos entender perfeitamente o que será dito agora.

Muitas pessoas acham que “o devorador” é UMA ESPÉCIE de gafanhoto, na verdade não é uma espécie, mas sim UMA FASE DO GAFANHOTO.

O gafanhoto tem 8 fases, a fase “devorador” é uma delas, então GRAVE BEM – DEVORADOR É UMA FASE DA VIDA DO GAFANHOTO.
Vamos estudar algumas dessas fases do gafanhoto agora – as fases que a bíblia menciona.

Essas são as 8 fases que o gafanhoto passa, antes da gente falar de algumas delas, vamos estudar um pouco ainda sobre os gafanhotos

PEQUENO ESTUDO SOBRE OS GAFANHOTOS (VOCÊ PRECISA ENTENDER ISSO PARA ENTENDER A BÍBLIA)

Os gafanhotos também evolui, como mostra a imagem anterior, existem cerca de 50 mil espécies de gafanhotos.
As nuvens de gafanhotos (aquelas que aparecem nos jornais, filmes, etc) elas tem cerca de 1 BILHÃO DE GAFANHOTOS, a extensão desta nuvem é cerca de 5 km diâmetro e pode se estender até 20 km de distância.

UMA CURIOSIDADE IMPORTANTE PARA VOCÊ, os gafanhotos comem duas vezes por dia, magina agora 1 bilhão de gafanhotos se alimentando da terra, já imaginou o prejuízo?
Eles comem cerca de 3 mil toneladas de vegetação por dia, isto é – 3 milhões de quilos de vegetação.

Já imaginou ai? Uma nuvem de gafanhotos como PRAGA, já imaginou o estrago?
É só Deus mesmo para ajudar a nação se proteger desta praga (devorador).

No próximo tópico agora iremos conhecer as FASES DO GAFANHOTO, é muito importante entender isso para facilitar o entendimento sobre Malaquias e Joel.

AS FASES NA VIDA DO GAFANHOTO (O FAMOSO DEVORADOR)

Já sabemos que os gafanhotos na bíblia recebem alguns nomes, isto é – os nomes representam a fase na vida, vamos analisar o versículo em hebraico, pois vai ficar mais fácil compreender.

Nessa passagem de Joel, ali temos as QUATRO FASES, são elas: gazam, arbeh, jelek ou *ielek* e chasel. A seguir iremos estudar todas as fases na vida do gafanhoto.

PRIMEIRA FASE – GAZAM – Nesta fase ele ainda não tem asas, ele é conhecido como “salteador“, ele nessa fase, ele consegue saltar até 2 metros de altura.
Nessa fase ele é chamado de “GAZAM”, isto é  (portador), ele se instala nas plantações e se alimenta dos frutos, isso prejudica demais o agricultor. Encontramos esse gafanhoto em Joel 1, Amós 4:9; 2 Reis 6:4.

SEGUNDA FASE – ARBEH (MIGRADOR) – Nessa fase ele fica “saltando” de lugar em lugar nas plantações, ela se alimenta mais do que na fase anterior, ela se alimenta agora de cevado, grãos e serial, aqui ela já está mais evoluída e causa mais estragos. Encontramos Arbeh em João 1:4 e Levítico 11:22.

TERCEIRA FASE (IELEK OU JALEK) – Aqui sim é o “FAMOSO DEVORADOR“, o tão citado em Malaquias 3:11.

Mas porque é chamado de devorador nessa fase? Porque ele já tem asas e está começando andar em grupos.
Nesta fase, quando ele encontra um ambiente legal que ele goste, ele meio que se “torna dono” do local, é muito difícil tirar ele do local.

Autores dizem que nessa fase, quando ele encontra o local que ele deseja, ele cria “até músculo”, isto é – resistência em sair.
Nessa etapa, ele também necessita comer mais, por isso ele é CHAMADO DE DEVORADOR. Encontramos ele aqui em Joel 1:4 e Jeremias 51:14

QUARTA FASE – CHASEL (DESTRUIDOR) – Essa é a última fase de evolução do gafanhoto, aqui o gafanhoto já foi totalmente transformado, aqui ele literalmente só anda em grupo e se alimenta desde o alto da plantação até o “chão” da vegetação, geralmente ele se alimenta de tudo e deixa só o “tronco”. Encontramos ele aqui em Joel 1.

CONHECENDO UM POUCO O CONTEXTO DE MALAQUIAS

Em Devarim (Deuteronômio) 28 – Deus fez um pacto com povo de Israel, o famoso pacto: bênçãos e maldição.
A gente já sabe que as bênçãos nesta época era mediante a obediência, observe um dos versículos que fala sobre isso.

Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha. Êxodo 19:5

Tendo em mente isso, sabemos que mediante a OBEDIÊNCIA Deus abençoava Israel.
Vamos entender agora o contexto de Malaquias (ver algumas características deste livro).

O livro de Malaquias é um livro para “reprender Israel”

Peso da palavra do SENHOR contra Israel, por intermédio de Malaquias. Malaquias 1:1.

Deus rejeitou oferta até dos sacerdotes neste tempo

Ofereceis sobre o meu altar pão imundo, e dizeis: Em que te havemos profanado? Nisto que dizeis: A mesa do SENHOR é desprezível. Malaquias 1:7

Os sacerdotes levitas violaram a aliança de Deus com Levi

Então sabereis que eu vos enviei este mandamento, para que a minha aliança fosse com Levi, diz o SENHOR dos Exércitos […]  Malaquias 2:4-6

Os sacerdotes eram infiéis com suas esposas

E não fez ele somente um, ainda que lhe sobrava o espírito? E por que somente um? Ele buscava uma descendência para Deus. Portanto guardai-vos em vosso espírito, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade. Malaquias 2:15

Olha bem o contexto desta passagem, Israel estava totalmente fora da presença de Deus, os sacerdotes traindo as esposas, oferecendo sacrifícios que não agradava a Deus entre outras coisas.

Os levitas em Números receberam o presente de trabalhar apenas na casa de Deus, eles não tinham parte na herança, conforme números 34.
Os levitas precisavam ser alimentados pelas outras tribos – e adivinha que aconteceu?

As outras tribos pararam de OFERTAR E ENTREGAR O DÍZIMO na casa do tesouro (que é um lugar específico onde era levado o dinheiro) – isto é, os levitas estavam passando por extrema necessidade.

Ai sim surge Deus falando para eles DIZIMAR na casa do tesouro – PARA QUE NÃO HAJA MANTIMENTO lá (isto é, alimento para os levitas e sacerdotes). Vamos analisar o versículo no próximo tópico.

ANALISANDO O VERSÍCULO MALAQUIAS 3:10-11

Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. (10)

E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos. (11)

Com base em toda informação do contexto da época que já estudamos, ficou muito fácil interpretar esses dois versículos agora.
O primeiro (10) – Casa do tesouro era um lugar onde ficava o dinheiro (Números 18:21),
O primeiro (10) – Para que haja mantimentos na minha casa = exatamente na casa de Deus era levado o alimento (dízimo).

O segundo (11) – Por causa de vós repreenderei o devorador = ISTO É, se fossem fiel, Deus impediria que o “devorador – gafanhotos” comessem todo o fruto da terra deles, como o próprio versículo já diz.
O segundo (11) – E a vossa vide do campo não será estéril = Olha a promessa de Deus, isto é – eles plantariam e Deus daria a água (a chuva) para regar, terra fértil e produtiva.

EU POSSO USAR O DEVORADOR PARA ASSUSTAR OS MEMBROS A DAR O DÍZIMO

Não, quero deixar uma coisa bem clara neste artigo, se caso você não puder dar o dízimo, fique tranquilo, não vai ter nenhum demônio sugando seu dinheiro, no próximo artigo vamos falar sobre “devemos dar o dízimo” ou não, ai vamos aprofundar mais sobre isso.

Nesse caso, só quero finalizar dizendo – Seja fiel nos dízimos, faça por amor e gratidão a Deus e não por MEDO.

CONCLUSÃO

Nesse estudo vimos que o devorador não é um demônio, mas sim uma das fases da vida de um gafanhoto e que meu dízimo deve ser por amor e gratidão a Deus e não por medo.

Post – Quem é o devorador em Malaquias – O devorador é um demônio?
Tags – quem é o devorador, dízimo, devorador é um demônio, o que é o devorador, devorador,ofertas, o que é o dízimo

Tags: | | |

Sobre o Autor

moisesfp
moisesfp

Prazer, meu nome é Moisés Figueiredo. Sou apenas um nerd da tecnologia formado em ciência da computação, tecnologia em marketing e pós graduado em gestão de projetos, e claro - louco por hebraico bíblico e cultura judaica. Criador do curso mais vendido da internet de hebraico bíblico desde 2018, exatamente - Curso Tsade (https://cursotsade.com.br) Basicamente isso, o resto é história...

5 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  1. Irmão, boa sua explicação sobre gafanhotos mas o dízimo a gente não dá só por amor, é uma determinação divina porque a gente vê em Malaquias e em Joel que a pessoa não tinha opção, se não desse, Deus mandaria os gafanhotos, para destruir, porque me roubados? Nós dízimos e nas ofertas( malaquias 3:8). É Deus quem abre e fecha a porta da bonança e quem não devolve o q é de Deus não é abençoado porque os gafanhotos que simbolizam as maldições, os impedimentos, tem acesso a tudo que é nosso e Deus permite. Deus não esteva dando liberdade entre contribuir ou não, Deus estava determinando e mostrando porque eles estavam naquela situação: porque estavam roubando a Deus.

  2. Primeiro seu estudo diz que dizmo não era dinheiro …oferta era dinheiro …concordo completamente….
    Depois no final vc diz seja dizimista por amor e não por medo….não entendi….
    Se dizmo não e grana como posso dizimar grana por amor e não por medo….
    Concordo com quem quizer fazer um voto com Deus dizendo tudo que ganhar 10 por cento ou 20 quanto quizer darei ao lugar onde congrego….ai sim será muito abençoado …. Dizmo nunca foi grana…então não dízimo por amor…mas oferto com amor e alegria….

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.