Jesus foi abandonado na cruz? – Toda verdade por trás

Hey, você já conheceu o ebook tsade? O guia completo com 150 páginas de ensino do hebraico bíblico e da cultura judaica.
Esse material é completo, vários estudos e interpretações bíblicas... clique aqui para saber mais....

Será mesmo que Jesus foi abandonado na cruz? Descubra toda verdade por trás dessa história.

Deus nunca nos abandona e nem nos desampara, se isso é verdade, porque Jesus perguntou para Deus porque ele foi desamparado ? Seria verdade isso ou tem algo a mais nessa historia ? Nesse PEQUENO estudo eu quero explicar porque Jesus disse a famosa frase – “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?

Peço que fique comigo até o fim desse estudo: Jesus foi abandonado na cruz?

INTRODUÇÃO

Em Marcos 15 Jesus diz – “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?“, essa passagem bíblica é muito mal interpretada, será mesmo que Deus abandonou a Jesus ? Deus realmente abandonaria um dos seus filhos ? – Muitas pessoas usam essa passagem para falar que Deus as vezes nos abandona, inclusive abandonou ate seu Filho Jesus, seria isso verdade ? – Nesse pequeno estudo iremos entender o que Jesus quis dizer com essa frase.

UMA BREVE HISTORIA (EDUCAÇÃO JUDAICA)

Para entendermos porque Jesus disse aquela frase, precisamos entender o contexto social e cultural que Jesus estava inserido.

EDUCAÇÃO JUDAICA

Quando o povo judeu saiu do deserto e entrou em Canaã, eles não tinham um sistema educacional organizado. Esse sistema desenvolveu-se à medida que a sua civilização progrediu. Sofrendo as influências das práticas das nações circunvizinhas. No início, portanto, a educação estava centrada no lar.

Era responsabilidade dos pais ensinarem os filhos as leis de Deus e outras coisas relacionadas a vida. Um rabino certa vez disse – “O pai que não ensina ao filho um ofício útil está educando-o para ser ladrão“. Jesus não era só o filho do carpinteiro (Mt 13.55), mas também era o carpinteiro (Mc 6.3).

INFLUÊNCIA ASSÍRIAS E BABILÔNICAS

O exílio dos judeus para a Assíria e a Babilônia os levou a novos avanços na educação. Os reis assírios colecionavam milhares de tabletes de argila numa biblioteca em Nínive. Os tabletes continham várias informações relacionadas a educação, como: botânica, geometria, química, medicina, leis, matemática, etc.

O livro de Daniel capítulo 1, conta como os membros da hierarquia israelita foram educados na corte Babilônica. Eles deviam aprender a língua durante três anos e depois passar por um exame oral feito pelo rei (Dn 1.3-9,19,20).

SISTEMA DE ENSINO

O povo de israel começou a ensinar de um jeito diferente depois do exílio, usava-se um método de ensino chamado de “ensino mecânico“, esse método consistia em ‘repetições‘, o professor falava e os alunos repetiam, isso faziam intensamente.

Gostaria de ser um pregador diferenciado e pregar de forma impactante decorando os versículos e sem timidez? Clique aqui para aprender

O profeta Isaías menciona o método que eles usavam para aprender e estudar – mandamento…regra sobre regra… um pouco aqui, um pouco ali. Isso significa literalmente – “s após s, q após q” e se refere ao método de ensino pela repetição. O professor dizia um S, e os alunos tinham que repeti-lo.

A quem, pois, se ensinaria o conhecimento? E a quem se daria a entender doutrina? Ao desmamado do leite, e ao arrancado dos seios?
Porque é mandamento sobre mandamento, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali. – Isaías 28:9,10

EM RESUMO: Os alunos iam até o lugar de estudo (em geral era nas sinagogas) e lá o professor ensinava usando o método de repetição. O Professor dizia algo e os alunos tinham que repetir. Nas sinagogas os rabinos usavam-se desses métodos também para ensinar as leis de Deus.

O rabino dizia o COMEÇO DO VERSÍCULO e as pessoas que estavam ali repetiam o começo do versículo, assim eles faziam em toda a palavra. A fixação dessa maneira é melhor.

Em geral, os rabinos só falavam o primeiro versículo e as pessoas já sabiam exatamente onde estava escrito o sobre o que seria o estudo.

JESUS, O RABI (MESTRE)

Em várias passagens bíblicas, como Marcos 6, mostra Jesus ensinando nas sinagogas, em Lucas nos fala até quando era criança ele já ensinava as leis de Deus e todos se impressionava com Ele.

Nicodemos sendo fariseu de carteirinha reconheceu Jesus como mestre, para um judeu fariseu reconhecer outro como mestre, esse teria que ser realmente ‘muito importante’ e conhecedor nato das leis de Moisés.

Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele. – João 3.2

O texto de Marcos 6 fica muito evidente isso, Jesus ensinava nas sinagogas e era considerado demais pelas coisas que falava, segue:

E, chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga; e muitos, ouvindo-o, se admiravam, dizendo: De onde lhe vêm estas coisas? e que sabedoria é esta que lhe foi dada? e como se fazem tais maravilhas por suas mãos? – Marcos 6:2

JESUS FOI ABANDONADO POR DEUS?

Como já vimos no tópico anterior, Jesus era considerado por todos como MESTRE, inclusive pelos fariseus, sendo ele mestre, sem duvida usava o método da sua época para ensinar as leis de Deus nas sinagogas.

Jesus usava o método “sistema mecânico” para ensinar, ele falava um versículo e todo o povo que estava ali “repetia” o versículo, isso ele fazia várias vezes para fixação do versículo e do estudo.

AGORA QUE SABEMOS QUE JESUS ERA MESTRE E ENSINAVA NAS SINAGOGAS, FICA MAIS FÁCIL ENTENDER A PASSAGEM DE MARCOS 15.

Jesus próximo a sua morte, perguntou para Deus porque Ele (Deus) estava abandonando ele (Jesus).

E, à hora nona, Jesus exclamou com grande voz, dizendo: Eloí, Eloí, lamá sabactâni? que, traduzido, é: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? – Marcos 15:34

EXPLICAÇÃO DO VERSÍCULO – JESUS FOI ABANDONADO NA CRUZ?

Jesus como era mestre sempre estava ensinando nas sinagogas e para aqueles que o seguia, ele usava esse método de ensino de repetições. Jesus quando disse a famosa frase – “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” – Ele estava fazendo uma referencia ao Salmo 22 que diz:

Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas do meu auxílio e das palavras do meu bramido? – Salmos 22:1

Essa foi a última mensagem pregada por Jesus. O seu último ensinamento foi exatamente esse, o salmo 22. Jesus quando disse essa frase, todos que estavam ali naquele momento soube exatamente qual mensagem Jesus estava querendo passar.

Jesus estava dizendo com aquela frase para as pessoas: Estou indo, mas as profecias messiânicas estão se cumprindo em mim agora. Estou indo para que vocês tenham vida e paz.

EM RESUMO: Aquela frase de Jesus foi seu último ensinamento para a humanidade, Ele estava ali afirmando que era o Messias, que ele tinha que morrer para que todos que estavam ali tivesse vida.

JESUS NÃO FOI ABANDONADO

Jesus nunca foi abandonado pelo Pai como muitos ilustram, muitas pessoas usam esse versículo para falar que Deus abandonou até Jesus, quem dirá nós. Muitos pregadores chegam até ‘ilustrar’, virando-se para trás, mostrando que Deus virou o rosto de Jesus naquele momento porque não queria ver seu filho naquela situação.

Uma das grandes mentiras ensinada na teologia bíblica é essa, Jesus nunca foi abandonado por Deus e Deus NUNCA virou seu rosto da face de Jesus. Alguns argumentam até que Deus virou seu rosto de Jesus porque ele (Jesus) estava com todo peso da humanidade, carregando o pecado de todos, mas será que é isso mesmo que a bíblia diz? Vamos ver o versículo, segue:

Porque não desprezou nem abominou a aflição do aflito, nem escondeu dele o seu rosto; antes, quando ele clamou, o ouviu. – Salmos 22:24

Nesse texto fica evidente que Deus NUNCA desamparou a Jesus nem virou seu rosto dele como muitos ilustram, Deus sempre esteve com seus olhos voltados para seu Filho. NÃO DEIXE DE LER ESSE SALMO INTEIRO, LEIA E RELEIA.

No período que Jesus mais precisava de atenção, Deus nunca desprezaria esse momento. Deus sempre esteve pronto para ajudar um necessitado fiel a Ele.

CONCLUSÃO

Nesse pequeno estudo vimos que Deus NUNCA abandonou a Jesus, desmentimos uma das maiores ‘heresias’ da teologia bíblica. Deus nunca abandona um filho Dele, ainda mais nos momentos mais difíceis. Deus esta sempre cuidando de nós e nos observando, jamais despreza ou abomina nossas aflições.

Post – Jesus foi abandonado na cruz? – Toda verdade por trás.
Tags – Jesus foi abandonado na cruz?, porque Jesus foi abandonado na cruz, jesus foi abandonado?, sistema educacional nos tempos bíblicos.

Avalie Esse Estudo

Avalie Esse Estudo

Muito obrigado Pela Avaliação 5 / 5. Contagem de Votos 2

HEY, VOCÊ GOSTARIA DE SER UM PREGADOR \ ESTUDANTE DA BÍBLIA TOTALMENTE DIFERENCIADO?

A maioria dos pregadores diferenciados e estudantes da bíblia que chamam atenção das pessoas enquanto fala são aquelas que tem um estudo diferenciado.
Você já conheceu alguém que enquanto fala todos querem ouvir?
O que essas pessoas tem que as outras não?
Essas pessoas tem muito conhecimento bíblico e sabem fazer uma EXCELENTE EXEGESE BÍBLICA.
Gostaria de aprender hebraico bíblico e cultura judaica e o principal, fazer uma excelente exegese bíblica?

CLIQUE AQUI PARA APRENDER HEBRAICO BÍBLICO E CULTURA JUDAICA

Tags: | | |

Sobre o Autor

moisesfp
moisesfp

Moisés Figueiredo, criador do portal Estudo de Deus e do Curso Tsade - Hebraico do Jeito Certo. Formado em Ciência da Computação e Tecnologia em Marketing, pós graduado em Gestão de Projetos e amante da bíblia sagrada e do hebraico bíblico.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *